LEISHMANIOSE (LSH) Ab 10 Tiras ECO - COD. 02130

Mais Imagens

LEISHMANIOSE (LSH) Ab 10 Tiras ECO - COD. 02130

Leishmaniose Visceral ECO Teste

Método: Detecção qualitativa dos anticorpos (rK39) para os membros da Leishmania donovani em amostras humanas de soro.
Apresentação: tira
Registro: 80954880025

Características e benefícios

Liberado pelo FDA (EUA)
Certificado pela Comunidade Europeia (CE)
Compatível com ISO
Sensibilidade e Especificidade: > 90%
Rápido – Resultados em 10 minutos
Não necessita refrigeração
Longa estabilidade – 2 anos
Embalagem personalizada
Excelente serviço ao cliente
Preços competitivos
Feito no Brasil


Descrição

Anexos

View FileFolder LSH    Size: (756.35 KB)

Folder Leishmaniose ECOLSH

Informação Adicional
Descrição

Explicação do Teste

A leishmaniose visceral é uma doença grave, com alta mortalidade, endêmica em 88 países, incluindo 17 países desenvolvidos. É um problema sério em muitas partes do mundo, incluindo Brasil, China, África Oriental, Índia e áreas do Oriente Médio. Os cães foram identi­cados como o principal reservatório para a transmissão da doença. O sorodiagnóstico tem sido amplamente utilizado para estabelecer a infecção porque os títulos de anticorpos anti-Leishmania são elevados durante a fase aguda da doença. O método preferencial de diagnóstico laboratorial é por ELISA, embora o anticorpo fluorescente (IFAT) ou testes de aglutinação direta (DAT), ambos utilizam parasitas inteiros, ainda são amplamente utilizados. Estes testes são altamente reativos com tripanossomas e micobactérias. Além disso, as preparações de parasitas inteiros usados são instáveis e variáveis em termos de qualidade.

Princípio do Teste

O teste LSH Ab ECO teste é um imunoensaio qualitativo para a detecção de anticorpos contra a leishmaniose visceral no soro humano. A membrana é pré-revestida com rK39 na região da linha teste e proteína anti-proteína A de galinha na região da linha controle. Durante o teste, a amostra de soro reage com o corante do conjugado (proteína A-ouro coloidal conjugado) que foi pré-revestida na membrana de nitrocelulose do teste. A amostra em seguida, migra, por ação capilar, pela membrana para reagir com o antígeno de Leishmania Visceral recombinante e gerar uma linha vermelha. A presença desta linha vermelha indica um resultado reagente, enquanto sua ausência indica um resultado não reagente. Independentemente da presença de anticorpos para rK39, a amostra continua a migrar através da membrana até ser imobilizada pela anti-proteína A de galinha na região da linha controle. Uma linha vermelha na região da linha controle deve sempre aparecer. A presença desta linha vermelha serve como controle para indicar que o volume de amostra foi su­ciente, que o fluxo foi adequado e serve como um controle para os reagentes.

Comentários

Tags do Produto

Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.