FTA Abs (Sífilis) imunofluorescência Imuno-CON 100 Testes Wama - Cod. 98413

Mais Imagens

FTA Abs (Sífilis) imunofluorescência Imuno-CON 100 Testes Wama - Cod. 98413

Disponível: Em estoque

Kit para determinação de anticorpos anti-Treponema pallidum no soro humano por imunofluorescência indireta.


PRINCÍPIO DO MÉTODO
Os anticorpos anti-Treponema pallidum presentes no soro ligam-se ao antígeno fixado na lâmina e são revelados por uma antigamaglobulina humana marcada com isotiocianato de fluoresceína. 

APRESENTAÇÃO DO KIT 
15060-I (60 determinações) 
1. Lâminas com 5 áreas reativas com suspensão de Treponema pallidum (12 lâminas)
2.AntigamaglobulinaGhumanamarcadacomisotiocianatodefluoresceína(1x3ml) 
3. Tampão fosfato-salino (PBS) (2 x 50ml) 
4. Glicerina tamponada (1x4ml) 
5. Solução absorvente (Treponema cepa Reiter) (1x3ml) 
6. Soro controle positivo (1x1ml) 
7. Soro controle negativo (1x1ml) 
8. Lamínulas (12 unidades) 
9. Instruções para uso

Descrição
Informação Adicional
Descrição

Kit para determinação de anticorpos anti-Treponema pallidum no soro humano por imunofluorescência indireta.

IMPORTÂNCIA CLÍNICA
A sífilis é uma doença infecciosa humana produzida por um espiroqueta, o Treponema pallidum. Ela é principalmente uma doença transmitida sexualmente. Outras possíveis vias de transmissão são a transfusão de sangue infectado, hoje praticamente eliminada através de triagem sorológica de rotina, e a perinatal (sífilis congênita) transmitida in útero, pelos treponemas procedentes da mãe infectada para o feto em desenvolvimento. Clinicamente, após um período de incubação que varia de 10 a 90 dias, pois é inversamente relacionado com a quantidade do inoculado, ocorre, em 85% dos pacientes, o surgimento de um cancro, que é uma lesão solitária e indolor, caracterizando a sífilis primária. Aproximadamente 4 a 10 semanas após o aparecimento do cancro, surgem freqüentemente sintomas como perda de peso, cefaléia, anorexia, mialgia, artralgia, mal-estar, febre baixa, linfadenopatia generalizada e exantema (presente em 75 a 100% dos casos), o que caracteriza a sífilis secundária. Podem ocorrer também neste estágio manifestações de comprometimento do sistema nervoso central. Após as manifestações primárias ou secundárias, ocorre o período conhecido como sífilis latente, caracterizado por testes sorológicos positivos e ausência de achados clínicos. Pode ter duração de 1 a 2 anos. Sem tratamento, cerca de um terço dos pacientes apresenta sífilis terciária, que pode manifestar-se como goma (15%), sífilis cardiovascular (10%) ou neurossífilis (8 a 10%). Os testes sorológicos para sífilis são classificados como não-treponêmicos, usados mais comumente para a triagem, como o VDRL (Veneral Disease Research Laboratory) e o RPR (Rapid Plasma Reagin), e treponêmicos, usados como testes confirmatórios para os soros reativos nos testes de triagem, como o TPHA (Treponema pallidum Hemagglutination), FTA-Abs (Fluorescent Treponemal Antibody Absorption) e ELISA (Enzyme-Linked Immunosorbent Assay). O FTA-Abs é um dos mais sensíveis e específicos testes empregados na sorologia da sífilis. Entretanto, podem ocorrer reações falso-positivas em cirrose, herpes genital, lupus eritematoso sistêmico e, muito raramente, em mulheres grávidas.

PRINCÍPIO DO MÉTODO
Os anticorpos anti-Treponema pallidum presentes no soro ligam-se ao antígeno fixado na lâmina e são revelados por uma antigamaglobulina humana marcada com isotiocianato de fluoresceína.

APRESENTAÇÃO DO KIT
15060-I (60 determinações)
1. Lâminas com 5 áreas reativas com suspensão de Treponema pallidum (12 lâminas)
2.AntigamaglobulinaGhumanamarcadacomisotiocianatodefluoresceína(1x3ml)
3. Tampão fosfato-salino (PBS) (2 x 50ml)
4. Glicerina tamponada (1x4ml)
5. Solução absorvente (Treponema cepa Reiter) (1x3ml)
6. Soro controle positivo (1x1ml)
7. Soro controle negativo (1x1ml)
8. Lamínulas (12 unidades)
9. Instruções para uso

Comentários

Tags do Produto

Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.