TELEVENDAS: (31) 2128-6000 / (31) 3271-6000

COVID 19 AG C 25 TESTES ECO - Cod. 30032

Mais Imagens

COVID 19 AG C 25 TESTES ECO - Cod. 30032

Preço: R$1.900,00

Preço Promocional

  • Compre 1 por R$1.800,00 cada e economize 3%
  • Compre 2 por R$1.750,00 cada e economize 6%

TESTE RÁPIDO PARA COVID-19 Ag ANTÍGENO COM CONTROLE (C) - ECO - 25 TESTES



  • Detecção qualitativa de antígenos de SARS-CoV-2 (COVID-19) por imunocromatografia

  • Sensibilidade: 96%

  • Especificidade: 99,4%

  • Armazenamento: 2 a 30°C

  • Amostra: swab de nasofaringe

  • Tempo do Teste: 10 minutos

  • Validade: 24 meses

  • Kit: acompanha swab para coleta e swab de controle positivo e controle negativo

  • Apresentação: Cassete com 25 testes

  • Registro MS: 80954880146


Vídeo – Procedimento do COVID-19 Ag C ECO Teste


Descrição

Anexos

View FileInstrução de Uso - AG C ECO    Size: (1.6 MB)

Instrução de Uso - AG C ECO

Informação Adicional
Descrição

COVID-19 Ag ECO Teste é um ensaio imunocromatográfico para a detecção qualitativa de antígenos de SARS-CoV-2 em amostras de swab da nasofaringe de humanos para auxiliar no diagnóstico de infecção respiratória por Coronavírus. Esse teste é para uso profissional no diagnóstico in vitro.

O SARS-CoV-2 (Severe Acute Respiratory Syndrome Corona Virus 2) surgiu como uma nova espécie capaz de infectar humanos e atualmente, causando a pandemia de COVID-19, com uma hospitalização esmagadora de pacientes infectados. Clinicamente, os pacientes com infecção por SAR-CoV-2 tendem a sofrer sintomas como disfunção olfatória e gustativa, febre, tosse seca, anosmia, fadiga, dispneia, dor de cabeça, diarreia e dor de garganta, seguidos por complicações vasculares e sistêmicas, como infiltração de leucócitos nos pulmões. A doença comumente resulta em pneumonia, que pode evoluir para síndrome do desconforto respiratório agudo, levando à insuficiência respiratória ou de múltiplos órgãos. Os coronavírus (CoVs) pertencem à ordem dos Nidovirales, identificados por suas características de envelope e RNA de sentido positivo como material genético. Os CoVs consistem em quatro proteínas estruturais: proteínas de pico (S), membrana (M), envelope (E) e nucleocapsídeo (N). As proteínas M e E são essenciais para a montagem do vírus, enquanto a proteína S, na superfície das partículas virais, é crucial para afinidade e fixação às células hospedeiras. A proteína S, responsável pela entrada do vírus, determina o tropismo do hospedeiro e a transmissão do vírus. A proteína N, principal proteína estrutural do SARS-CoV-2, é responsável pela transcrição e replicação do RNA viral, pelo empacotamento do genoma encapsulado em vírions e pelas interações com o ciclo celular das células hospedeiras. Além disso, a proteína N, que possui uma capacidade imunogênica substancial, é abundantemente expressa durante a infecção viral. Acredita-se que a alta transmissibilidade do COVID-19 esteja relacionada às suas altas cargas virais no trato respiratório superior e ao fato de muitos indivíduos permanecerem assintomáticos, disseminando e transmitindo o vírus. A transmissão do vírus ocorre por meio de gotículas de saliva ou secreção nasal de indivíduos infectados, portanto, seguir as práticas de higiene adequadas ao tossir e espirrar são fundamentais para esgotar a transmissão.

Comentários

Tags do Produto

Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.