Centernews_129
Arboviroses são as doenças causadas pelos chamados arbovírus, que incluem o vírus da dengue, zika, febre chikungunya e febre amarela. A classificação "arbovírus" engloba todos aqueles transmitidos por artrópodes, ou seja, insetos e aracnídeos (como aranhas e carrapatos). Existem 545 espécies de arbovírus, sendo que 150 delas causam doenças em seres humanos. Apesar da classificação arbovirose ser utilizada para classificar diversos tipos de vírus, como o mayaro, meningite e as encefalites virais, hoje a expressão tem sido mais usada para designar as doenças transmitidas pelo aedes aegypti, como o zika vírus, febre chikungunya, dengue e febre 
amarela.

TiposMosquito

Existem três famílias mais conhecidas de arbovírus e cada uma delas engloba causadores que têm semelhança em seu código genético e também nas suas proteínas base. São elas flavivírus, togavírus e bunyavírus.

Flavivírus - incluí as doenças do aedes, como o zika vírus, dengue e febre amarela, além de outras doenças, como a encefalite japonesa (transmitida pelos mosquitos do gênero Culex).

As arboviroses são sempre causadas por vírus cujo principal transmissor é um artrópode (no caso um mosquito 
ou carrapato). O vírus da arbovirose é adquirido pelo vetor através do contato com um ser humano ou com um animal contaminado e é transmitido às pessoas durante a picada. No entanto, dependendo da arbovirose, ela pode ter outras  formas de transmissão secundária. Existem alguns relatos de arboviroses que se transmitem por transfusão sanguínea e vertical, de acordo com o Ministério da Saúde.

No caso do Zika vírus, por exemplo, essas duas formações extras de transmissão estão em estudo, assim como está sendo investigada a contaminação pelo sexo, saliva e amamentação, já que o arbovírus já foi isolado no sêmen, leite materno, saliva e urina.

De qualquer forma, o inseto ou carrapato é sempre o principal transmissor da doença, sendo que as outras formas sempre acabam sendo a minoria dos casos. Entretanto, ainda não há evidências fortes o bastante para se afirmar que esses são meios de transmissão válidos da doença ou registros de transmissão de arbovírus pelo ar.


Um grande transmissor de arbovíroses atualmente é o mosquito Aedes aegypti, vetor da dengue, Zika vírus, febre chikungunya e febre amarela. As três primeiras doenças estão em circulação no Brasil, por isso diversas medidas estão sendo tomadas para prevenir a ação do mosquito.

Sintomas de Arboviroses

Os sintomas das arboviroses variam muito, já que sua única característica em comum é o fato de serem transmitidos por artrópodes. No entanto, dentro das subclassificações das arboviroses, algumas costumam ter sintomas semelhantes. Por exemplo, dentro da família de flavivírus, temos a dengue, zika vírus e febre chikungunya com sintomas bem parecidos, como por exemplo:

- Febre;
- Mal-estar;
- Dor nas Articulações;
- Manchas vermelhas;
- Erupções na pele;
- Náuseas e vômito.

Diagnóstico de Arboviroses

A Centerlab disponibiliza em seu portfólio uma completa linha de produtos para diagnóstico de Arboviroses. Os testes sorológicos (Teste Rápido) e sistema de imunoensaio fluorescência quantitativo e qualitativo linha F Line da Eco diagnóstica e Wama Diagnóstica.

Diagnóstico teste rápido

 CHIKUNGUNYA IgG/IgM

Eco_Chikungunya Wama_Chikungunya

 
DENGUE IgG/IgM

Eco_Dengue Wama_Dengue

Zika IgG/IgM

Eco_Zika  

 

Arbovirose por Fluorescência - ECO F-Line

A linha F-Line da Eco Diagnóstico possui uma gama completa de testes por fluorescência para diagnóstico de arboviroses causadas pelo vírus da Dengue, Zika ou Chikungunya.

Utilizando a linha F-Line da Eco Diagnóstica você tem:
- Exames mais sensíveis e específicos do que os testes rápidos;
- Metodologia confirmatória;
- Resultado em poucos minutos;
- Dispensa necessidade de terceirização dos exames;
- Linha exclusiva;
- Diferencial para o seu laboratório.

F Line

Referencias Bibliográficas:

- Infectologista Helena Brígido (CRM-PA: 4.374), membro do Comitê de Arboviroses da Sociedade Brasileira de
Infectologia.
- Infectologista Otelo Rigato Jr. (CRM-SP: 57.775), doutor em infectologia pela Universidade Federal de São Paulo
(Unifesp) e médico infecto do Sírio Libanês Ministério da Saúde.
- Eco Diagnóstica.